Publicado

Os Florais de Anura e a sua magia.

Os Florais de Anura são infusões de essências florais, preparados à base de flores de arbustos e árvores, na sua maioria da região de Dornes – Ferreira do Zêzere, sendo que alguns deles, devido a um método de preparação específico, usufruem da sua componente química.

As flores possuem o que de mais belo e subtil existe no reino vegetal. Por serem a “coroa de glória” de evolução da planta, nelas está depositada a informação necessária para que geração seguinte possa crescer com sucesso. Essa informação, contudo, também é reconhecida pelas células do nosso corpo. Mas não só: veja-se o impulso instintivo de certos animais ingerirem certas flores para se curarem, purgarem, etc.

Ou seja, as flores possuem a capacidade de comunicar com vários tipos de seres vivos, pois deles dependem para a sua continuidade: veja-se as notáveis estratégias de polinização adotadas pelo reino vegetal.

A linguagem usada pelas plantas é a mesma que o nosso corpo usa e reconhece. Se os códigos fossem diferentes, haveria descoordenação nas manifestações da natureza. Nisto se baseia o facto de os Florais de Anura disporem, nas suas várias linhas, de preparados destinados quer a seres humanos, quer a animais domésticos.

O que são as terapias com os Florais de Anura?

Através da aplicação tópica dos Florais de Anura em diferentes pontos do corpo, equilibra-se o corpo, a mente e as emoções do paciente. O campo de acção deste tipo de terapias, por ser muito vasto, satisfaz a maior parte da necessidades do paciente/terapeuta.

Para facilitar a sua utilização, tivemos o cuidado de nomear os florais com uma palavra que define a sua acção. Por exemplo: Floral de Anura nº 1 – Elevação VibracionalFloral de Anura nº 6 – Tranquilidade; Floral de Anura nº 14 – Remoção de Memórias, etc.

Genericamente falando, podemos citar:

  • Bem-estar físico, mental e emocional;
  • Relaxamento;
  • Revitalização;
  • Clareza mental/emocional;
  • Aumento da frequência do campo áurico;
  • Reforço de auto-estima;
  • Autovalorização;
  • Paz e serenidade.

A Terapia de Florais de Anura pode ir um pouco mais fundo. Por exemplo:

  • Alinhamento de chacras;
  • Equilíbrio de registos de vidas passadas;
  • Tratamento de traumas; memórias difíceis;
  • Remoção de crenças negativas/mudança de padrões celulares;
  • Reescrita das crenças pessoais;
  • Equilíbrio da história ancestral;
  • Desinflamação corporal;
  • Emagrecimento;
  • Tratamento anticelulite;
  • Terapia de rejuvenescimento;
  • Terapia de equilíbrio de casais e parcerias;
  • Terapia de equilíbrio da expressão/vivência sexual;
  • Activação da Matriz Original*.

*Nota: todas as pessoas possuem uma Matriz Original, perfeita. Com o tempo, porém, devido à insalubridade e toxicidade do ambiente em que vivemos, o corpo vai perdendo a memória dessa matriz. O objectivo desta terapia, portanto, é recordar ao corpo como pode funcionar em saúde e equilíbrio.

Os terapeutas de Florais de Anura, com base na formação que receberam, estão preparados para desenvolver outro tipo de terapias, que vão ao encontro das necessidades dos seus pacientes, não descritas aqui.

Publicado

A Linguagem das Flores e o Equilíbrio

Nos pontos em que a água e a terra se fundem, existem pontos de equilíbrio. São pontos onde se processa a abertura à serenidade e ao autoconhecimento, onde ocorre a fusão entre duas grandes e magnificas forças que permeiam a vida: a terra e o mar; a Luz e a Sombra, o Feminino e o Masculino, o macho e a fêmea.

São pontos onde a água do corpo humano se permite renovar, tomando maior consciência de si.

Parece que não estou a falar de florais, não é?

Engano puro. Florais são essências básicas que proveem das flores, cuja subtileza, força e inteligência são uma password para o corpo despertar para a sua realidade matricial. Disse inteligência, e reforço o que disse: as flores possuem uma inteligência que nos escapa, que lhes permite falar umas com as outras e com as nossas células.

Fui demasiada mística na explicação?

Bem, nos prados e nas florestas, todas as plantas e seres comunicam entre si, nas suas linguagens e códigos que já esquecemos.

Uma parte dessa comunicação é feita por sinais hormonais; outra, é feita através de códigos de cores; outra, ainda, é feita através de códigos vibracionais que controlam todos os outros.

As nossas células não se esqueceram desses códigos; reconhecem os sons dessa comunicação.

É desta forma que os Florais de Anura actuam, um pouco diferentemente da forma como os nossos óleos essenciais actuam no corpo. Há mais subtileza na actuação do floral, mais respeito pelo corpo que o recebe, mais comunicação inteligente.

 

E como ficamos em relação ao primeiro parágrafo deste texto?

Bem, os pontos de equilíbrio da Terra, onde água e terra se fundem, são locais visitados pelos seres humanos, principalmente no Verão.

Estão criadas as condições ideais para se poder resolver situações que estão relacionadas com:

Sabe por que é mais fácil fazer um tratamento de Florais de Anura que tocam estes temas, nestas condições?

É porque o corpo se torna receptivo: ao abrir-se à informação, beneficia da energia deste ponto de equilíbrio!

Publicado

A Doença, a Cura e os Florais de Anura

Quando a doença se instala no corpo físico, já dançou com todos os corpos da pessoa. Seja qual for o tipo de desequilíbrio físico, é assim que se passa.

A qualquer doença corresponde uma frequência vibratória. Esse quadro vibratório tem expressão em todos os corpos, ou seja, a doença quando se começa a manifestar, executa essa dança com todos eles, muitas vezes durante um longo tempo e vai-se encaixando. Há ressonância. Associadas a esta frequência vibratória, está um conjunto de crenças e emoções da pessoa. São os braços e as pernas desta dança.

Assim que esta frequência surge em qualquer nível do corpo da pessoa, surge também uma energia elemental que dá vida, sustenta e anima a referida doença. Sem esta energia elemental, a doença não se manifesta.

Um elemental é a alma do desequilíbrio físico da pessoa, numa imagem. Quando ele se apropria do corpo de uma pessoa, tem licença para lá estar. A música (frequência vibratória) que permitiu a dança da doença nos diferentes corpos, sustentou todo o processo de conquista das defesas da pessoa, no campo físico. Isto é válido para uma gripe ou para um cancro.

Os Florais de Anura são fundamentais neste processo porque elevam a frequência vibratória da pessoa, ajudam a mudar crenças e emoções, potenciando o processo de cura.

Diz-se e bem, que não há cura sem autotransformação. Os Florais de Anura potenciam essa mudança, criando as condições físicas e vibracionais para elas; assim como dão informação aos diferentes corpos da pessoa, ao seu ADN, que lhes permitem recordar a sua matriz original.

Esse é o processo da cura profunda.

Muitas vezes nas terapias de Florais de Anura de doentes de cancro, por exemplo, é autorizado (nem sempre) a remoção do elemental responsável por aquela situação e observa-se uma paragem da evolução da doença. Durante um tempo, há ausência da manifestação da doença. A pessoa pode ir fazer exames tumorais e não haver manifestação; pode ir fazer um diagnóstico com o Índigo e não haver sinais da frequência da doença. Pode acontecer que passado um tempo curto, ela se volte a manifestar.

Por quê? Foi feito um afastamento da energia elemental que sustenta a doença, mas não houve transformação profunda da situação que esteve na origem da mesma. Como a situação se manteve, a energia elemental voltou, pois ela está ligada a uma frequência que continuou a ser emitida.

Como se resolvem estas situações?

Não pode deixar de haver intervenção médica autorizada. Em complemento, deve perceber-se qual a origem da frequência e tentar resolver. Os Florais de Anura são aliados preciosos para o efeito. A pessoa tem que estar disposta a mudar e abdicar de partes de si, integrando outros aspectos com que não se identificava ou que não estavam integrados.

Eu acredito que me vou curar.

Um exemplo: “Eu acredito que me vou curar.” Se a pessoa achar que não merece curar-se, que tem que ser castigada; a doença passa a ser um meio apropriado para tal acontecer e a cura não consegue ocorrer. Isto é apenas um exemplo muito simplista do que pode ocorrer.

Mais uma vez, este processo é feito com as frequências subtis dos Florais de Anura, que fornecem informação aos corpos para se libertar do que está anquilosado e lhe dão força para deixar entrar o novo.

A reprogramação é também feita através dos florais, alterando a realidade celular e do inconsciente da pessoa. O resto do processo deve ser feito com a ajuda de um médico competente e dos cuidados de saúde para o efeito.